Rondonópolis terá R$ 15 mi de investimento na rede de abastecimento de água

Com a liberação do recurso de R$ 15 milhões oriundos governo federal, nos próximos dias o Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) retomará as obras de otimização do sistema de abastecimento de água da cidade que haviam sido paralisadas há mais de três anos.
A oficialização do recurso foi realizada na manhã desta terça-feira (6), na Câmara dos Vereadores, com a presença do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, o deputado federal Adilton Sachetti entre outras autoridades.
Trata-se de um recurso do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), segunda etapa, que corria o risco de ser perdido e, por meio de tratativas com o Ministério das Cidades e apresentação de projetos, o Sanear garantiu que o valor voltasse a ser destinado às obras de saneamento.
O projeto contempla benefícios para grande parte da cidade, o total investido servirá para melhorias no sistema existente de captação, tratamento e distribuição de água.
Será utilizado para construção de “superpoços”, novas estruturas hidráulicas na Estação de Tratamento de Água, dando suporte para a instalação de bombas, adutoras, reservatórios, triplicando o potencial dos serviços de abastecimento de água para todo o município.
A rede de água será interligada à novos bairros, a exemplo da continuação da obra do Bairro Grande Alfredo de Castro, que vai beneficiar o Conquista, um dos mais necessitados de rede de água no município.
Terezinha Souza, diretora geral do Sanear, lembrou que Rondonópolis atualmente já é a cidade com a maior cobertura de rede de esgoto do Estado, e pontuou que nessa gestão o abastecimento de água do município será completamente modernizado e muito mais eficiente.

Comments are closed.