REUNIÃO – Diretoria do Comsan apresenta a conselheiros os avanços no saneamento básico da cidade

Os avanços nas obras de saneamento básico, bem como os resultados dos últimos anos em investimento, foram os assuntos apresentados aos integrantes do Conselho Municipal de Saneamento Ambiental - Comsan, durante reunião realizada na sede do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis - Sanear, no Monte Líbano, nesta sexta-feira (20). A presidente do Conselho e diretora geral do Sanear, Terezinha Silva de Souza, explicou que o trabalho de 12 anos trouxe resultados positivos. O último deles foi a premiação do Instituto Trata Brasil, que classificou Rondonópolis entre as seis cidades do Brasil que mais avançam em saneamento básico.

Segundo ela, Rondonópolis deve atingir, até o final do ano de 2020, a Universalização do Saneamento. “A cidade está sendo preparada para os próximos 10 anos. Muito foi feito e a previsão é fazer ainda mais. Estamos com projetos para o esgotamento sanitário dos bairros que ainda não contam com o serviço. Aprovados estes projetos, atingimos 100% de esgoto na cidade. No quesito água, a duplicação da Estação de Tratamento vai garantir que o abastecimento seja reforçado. Esse trabalho só foi possível, porque as gestões assumiram o desafio de executar as obras do PAC”.

Terezinha informou aos conselheiros que recebeu o convite do Governo Federal para ir, junto ao diretor técnico da autarquia, Hermes Ávila, à Brasília apresentar as boas experiências no saneamento básico aplicadas em Rondonópolis. “É muito importante para a cidade ser convidada para apresentar seus projetos em saneamento. Isso porque, somos umas das poucas empresas de saneamento do Centro-Oeste geridas pela administração pública. É sinal de que dá certo, basta saber como aplicar bem os recursos e ter bons projetos”, defendeu.

Hermes Ávila, diretor técnico da autarquia, apresentou as obras que estão acontecendo na cidade. “Concluímos a duplicação da Estação de Tratamento de Esgoto, a implantação do sistema de esgotamento sanitários em bairros como Poroxo, Jardim Iguaçu, Atlântico e Europa e estamos finalizando em outros, como Sagrada Família, Colina Verde e Parque São Jorge. Outro grande avanço é a obra do desarenador que, após concluída, deve otimizar a captação de água do Rio Vermelho, que é o responsável hoje por 49% do abastecimento da cidade. A cidade está evoluindo neste setor e são muitas obras que ainda estão previstas até o final de 2020”, finalizou.

Comments are closed.